BBC denuncia FIFA, que protela divulgação de documento contra presidente da CBF

0
199

Corrupção – A FIFA está impedindo a divulgação de um documento que revela a identidade de dois dirigentes da entidade que foram forçados a devolver dinheiro de propinas em um acordo para encerrar uma investigação criminal na Suíça no ano passado. Uma reportagem do programa de televisão “Panorama”, da “BBC”, apurou que um dos dois dirigentes é o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que integra também o Comitê Executivo da FIFA.

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, que tentará ser reeleito para o cargo no próximo dia 1º de junho, declarou recentemente a adoção de uma política de “tolerância zero” para casos de corrupção. No entanto, advogados que atuam em nome da FIFA estão contestando a decisão de um promotor de Zug, cidade no nordeste da Suíça, que determinou a divulgação de detalhes do caso.

O acordo encerrou uma investigação sobre propinas pagas a altos dirigentes da FIFA na década de 1990 por uma empresa de marketing esportivo, a ISL (International Sports and Leisure). Até a falência em 2001, a ISL comercializava os direitos de televisão e os anúncios publicitários da Copa do Mundo para anunciantes e patrocinadores.

SEM COMENTÁRIOS