“Cicatrizes”: livro reúne histórias de vítimas do ex-médico e monstro Roger Abdelmassih

0
508

Já está nas prateleiras das livrarias brasileiras o livro “Cicatrizes: Histórias de vítimas do ex-médico Roger Abdelmassih”, cujo lançamento aconteceu na terça-feira (7), na Livraria Martins Fontes, na cidade de São Paulo. Lançado pela Editora Schoba, a obra tem como autoras as jornalistas Caroline Leonardo, Sabrina Trizote, Tarla Prado e Victória Rodrigues.

Muito além de um profissional da medicina que durante toda a carreira trafegou no universo da reprodução humana e da fertilização, muitas pessoas tinham em Roger Abdelmassih uma espécie de divindade capaz de transformar sonho em realidade. E assim sentia-se o médico que agora cumpre pena de prisão em penitenciária do interior paulista, depois de alguns anos vivendo clandestinamente no Paraguai.

Ao realizar o desejo de centenas de mulheres de chegar à maternidade, Abdelmassih alcançou fama e fortuna, mas no contraponto sua vida foi desmoronando no rastro de mentiras e graves transgressões éticas e profissionais.


Apesar do período de glória que experimentou sob o manto da impunidade, Roger Abdelmassih transformou-se em um monstro, revelado pelos pesadelos vividos por dezenas de pacientes vítimas de estupro. Muitas preferiram mesclar a dor psicológica da violação com um silêncio quase obsequioso, mas algumas mulheres, movidas por descomunal coragem, denunciaram à Justiça o médico, que acabou preso em sua clínica por mais de cinquenta casos de estupro.

“Cicatrizes – Histórias de vítimas do ex-médico Roger Abdelmassih” é não apenas um estarrecedor relato dos momentos inimagináveis vividos por cinco mulheres que foram vítimas do profissional que era, até então, reconhecido mundialmente como a maior autoridade em fertilização humana, mas um testemunho comovente de como lidaram com os episódios que mudaram suas vidas de forma definitiva.

Abdelmassih valia-se da fragilidade emocional de suas pacientes, embaladas pelo sonho de ser mãe, para violar a ética médica e a boa conduta moral. Esse contexto está relatado no livro que surgiu como projeto de conclusão do curso de Jornalismo das autoras, na Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (Fapcom). Caroline, Sabrina, Tarla e Victória dedicam a obra literária às mulheres que já sofreram algum tipo de violência física ou psicológica.

apoio_04

SEM COMENTÁRIOS