Confira dicas de segurança para não cair no “golpe do Uber”

0
6766

uber_1001

Enquanto um usuário do Uber espera na calçada, um carro encosta e pergunta ele está esperando um dos veículos da empresa e ele entra. Relatos como este estão se tornando comuns. O problema é que pessoas mal intencionadas se aproveitam do fato de os carros do Uber não terem qualquer identificação externa para aplicar esse tipo de golpe.

Contudo, não há motivos para deixar de usar o serviço. Conheça algumas dicas de segurança para não cair em roubada no golpe:

1. Acompanhar o caminho que o carro está fazendo. O aplicativo mostra o carro a caminho. Se no mapa parece que o carro vai chegar pela direita, mas o mesmo chega pela esquerda, tem algo errado. Se parece que o veículo está na rua de trás, provavelmente não é o mesmo que encostou ao seu lado. Fique atento!

2. Sempre checar a placa do carro. Quando seleciona o carro que atenderá a chamada, o aplicativo informa a placa, modelo e marca do veículo. Mesmo se o usuário não souber a diferença entre um Chevrolet Celta e um Honda HR-V, é possível identificar o carro pela placa. Nunca entrar no veículo sem checar se a placa informada no app é a mesma.


3. Nunca dizer o nome antes do motorista. Caso o usuário tenha o hábito de perguntar “esse carro é para a Fulana?”, o melhor é mudar. O motorista tem acesso ao nome do passageiro e em geral ele mesmo pergunta, até para a segurança dele. Ou seja, esperar que o motorista pergunte o nome do passageiro e, então, confirme.

4. Verificar se o motorista está usando o aplicativo. Em geral os motoristas deixam o celular com o aplicativo aberto no painel do carro. Lá, antes de os motoristas iniciarem a viagem, é possível ver o nome e foto do passageiro. Isso confirma que aquele motorista é o que foi designado para atender o chamado.

5. Se ainda estiver inseguro, é bom compartilhar a localização. É possível enviar para amigos e familiares um link que mostra onde o passageiro está enquanto no Uber. Basta entrar no menu da viagem e clicar em “Compartilhar rota”. Dessa forma a pessoa que receber a mensagem com link poderá ver em tempo real onde o usuário está, se a caminho de casa ou de qualquer que seja o destino.

apoio_04

SEM COMENTÁRIOS