Morre em Los Angeles, aos 76 anos, o cantor Al Jarreau, o mago do R&B e uma das lendas do jazz

0
626

al_jarreau_1001

Morreu neste domingo (12), aos 76 anos, o cantor Alwyn Lopez Jarreau, conhecido como Al Jarreau, o mago do R&B e uma das lendas do jazz. A informação foi divulgada pelos agentes do cantor em seu site oficial. Não foram divulgadas informações sobre as causas da sua morte.

Nascido em Milwaukee, no estado de Wisconsin (EUA), em 12 de março de 1940, Al Jarreau fora internado na última quarta-feira (8) em Los Angeles, por problemas relacionados à exaustão, o que levou os médicos a recomendarem a interrupção das atividades profissionais ao longo deste ano.

“A todos que estiveram em seus shows e ouviram seus álbuns: ele precisava de vocês, e vocês sempre estiveram lá por ele, por mais de 50 anos”, destaca a nota publicada no site oficial. “Ele era grato por vocês todos os dias, e fazia seu melhor para mostrar para cada um de vocês.”

O texto também ressalta que a prioridade de Al Jarreau sempre foi levar alegria às pessoas. “Fosse dor emocional, ou desconforto físico, ele precisava tranquilizar nossas mente e trazer paz aos nossos corações. Ele precisava ver um sorriso quente e verdadeiro onde não havia um antes. Música era apenas uma ferramenta para fazer isso acontecer.”


Em comunicado distribuído à imprensa e às agências de notícias, o agente do cantor informou; “Al Jarreau morreu hoje às 5:30 da manhã (hora de Los Angeles). Estava hospitalizado, acompanhado de Ryan (filho), Susan (mulher), amigos e família”. Uma missa será celebrada para as pessoas mais próximas ao cantor, mas não haverá homenagem pública. Não foram divulgadas informações sobre as causas da sua morte.

Jarreau editou o seu primeiro álbum em 1975, com 35 anos, tendo recebido, dois anos mais tarde, o seu primeiro prêmio Grammy com o disco “Look To The Rainbow”. Vencedor de sete prêmios Grammy, o cantor esteve no Brasil pela última vez em 2015, para o Rock in Rio, quando apresentou-se ao lado de Marcos Valle. Em 1985, Al Jarreau tocou para 200 mil fãs.

O cantor tinha apresentações programadas no Brasil, com participação confirmada no Festival de Música de Trancoso, no sul da Bahia, entre 18 e 25 de março. Extremamente versátil ao cantar e dono de um swing inconfundível, Al Jarreau foi, até então, o único cantor a único a vencer o Grammy em três categorias distintas: jazz, pop e R&B.

A cantora Chaka Khan lamentou no Twitter a morte de Jarreau. “Descanse em paz, Al Jarreau. Você foi tudo para o jazz e além, com uma genialidade para improvisação. Amor e orações para sua família e seus fãs.”

Al Jarreau deixou sucessos como “After All”, “Morning”, “Your Song”, “We’re In This Love Together”, “Ain’t no Sunshine”, “All Or Nothing At All”, “Boogie Down” e “Roof Garden”.

apoio_04

SEM COMENTÁRIOS