|

Prévia do PSDB que escolheu Serra como candidato em São Paulo revela detalhes do tucanato

Números não mentem – Enquanto o Brasil prestava as derradeiras homenagens ao humorista Chico Anysio, a política nacional direcionava a atenção para a cidade de São Paulo, onde uma prévia do PSDB escolheu o candidato do partido para concorrer à prefeitura paulistana. Como já era esperado, o ex-governador José Serra é o tucano que concorrerá à sucessão de Gilberto Kassab. Com 52,1% dos votos, Serra deixou para trás dois outros concorrentes: José Aníbal, o secretário estadual de Energia, e o deputado federal Ricardo Tripoli, que, respectivamente, tiveram a preferência de 31,2% e 16,7% dos votantes.

Se por um lado a escolha do candidato do PSDB confirmou as expectativas, por outro deixou claro que o partido, que tem a capital paulista como nascedouro, está literalmente dividido. A tese amplamente divulgada pelo ucho.info nos últimos anos agora tem respaldo matemático, pois os dois adversários de Serra receberam 48% dos votos.

Outro detalhe importante que surgiu na escolha do candidato tucano à prefeitura da maior cidade brasileira é o interesse dos filiados ao PSDB. Com 20 mil militantes aptos a votar na prévia, o tucanato conseguiu atrair 6.229 deles. Serra recebeu 3.176 votos, seguido de Aníbal (1.902) e Tripoli (1.018). Os votos brancos ou nulos somaram 133.

Tais números mostram que o PSDB, assim como outros partidos, carece de uma reformulação, pois o desinteresse pela política cresce à medida que as legendas são dominadas pelos “coronéis” de sempre.

Link para esta matéria: http://ucho.info/?p=53776

Últimas notícias