Voos da Ryanair, que opera na Europa no sistema “low cost”, poderão ser gratuitos em cinco anos

0
1593

ryanair_1001

Os voos da companhia aérea irlandesa Ryanair serão gratuitos dentro de no máximo cinco anos. Mesmo assim, a empresa ganhará dinheiro com compartilhamento da receita gerada em lojas e restaurantes de aeroportos. Essa é a previsão de Michael O’Leary, CEO da Ryanair, que opera no sistema “low cost”.

Ainda segundo o jornal, O’Leary afirmou, durante conferência da Associação dos Operadores de Aeroportos em Londres, que tal condição é possível em razão das negociações que a companhia aérea de baixo custo estaria disposta a fazer com os aeroportos europeus.

“Tenho esta visão de que, nos próximos cinco ou dez anos, as tarifas aéreas na Ryanair serão gratuitas, no caso de os voos estarem cheios, e nós vamos fazer dinheiro com a partilha da receita dos aeroportos, de todas as pessoas que vão passar pelos aeroportos, tendo uma participação nas vendas das lojas de varejo”.

Conhecido por suas ideias impactantes e inovadoras no segmento da aviação comercial, Michael O’Leary foi quem criou a cobrança pelo uso do banheiros em aviões da empresa. A Ryanair, que deve encerrar o ano com marca de 119 milhões de passageiros transportados, trabalha em um projeto que visa reduzir ainda mais o preço das passagens – entre 10% e 15%.


Bilhetes pelo preço de um suco de laranja

Se a previsão de O’Leary ainda está longe da concretização, a Ryanair continua com sua política agressiva de tarifas econômicas em voos na Europa. Quem viajou pela Europa nos últimos anos se acostumou com a presença de aeronaves da Ryanair em muitos aeroportos do “Velho Mundo”.

Na última semana, a Ryanair deflagrou uma promoção relâmpago para mais de 250 mil assentos em 360 rotas, com preços a partir de preços começando em 9,99 euros para quem planejava viajar entre este mês e janeiro de 2017.

A empresa aérea irlandesa já oferece em sua página eletrônica cem mil assentos para quem quiser viajar pela Europa em março de 2017. Os preços também começam em 9.99 euros. As tarifas são disponibilizadas apenas no site da companhia e por tempo limitado.

Considerando que em algumas cidades europeias – Lausanne, por exemplo – um copo de suco de laranja, em um reles café, não sai por menos de 10 euros, as passagens da Ryanair são uma verdadeira pechincha e duram mais do que um gole.

apoio_04

SEM COMENTÁRIOS