“A Última Ressaca do Ano”: filme diverte com uma daquelas polêmicas festas de final de ano da empresa

0
1860

office_xmasparty_1001

As festas de final de ano organizadas pelas empresas são sempre uma caixinha de surpresas, especialmente quando os empregados apostam no “vale tudo” para chamar a atenção. O que pode ser um tiro pela culatra, depois de vencidas as comemorações.

Mesmo assim, essas festas costumam ser divertidas para quem não sai da linha e contempla o espetáculo (sic) de alguns. E quem não tem ao menos uma lembrança dessas festas corporativas que antecedem o Natal?

É com esse enredo que chega às telas do cinema o longa “A Última Ressaca do Ano” (Office Christmas Party, título em inglês). A produção traz uma dupla de peso no mundo da sétima arte: Jennifer Aniston e Jason Bateman. Esse duo já está acostumado e enturmado com o gênero comédia, com experiências bem sucedidas em “Coincidências do Amor”, “Separados pelo Casamento”, “Quero Matar Meu Chefe 1 e 2”.


Sob a batuta de Josh Gordon e Will Speck, o filme “A Última Ressaca do Ano” traz como ponto central uma briga entre os irmãos Clay (T.J. Miller) e Carol Vanston (Jennifer Aniston) pelo controle da emrpesa familiar, após a morte do pai.

A história esquenta quando um dos gerentes da empresa resolve organizar um evento para conquistar a simpatia de possíveis investidores, mas o plano foge do controle e poderia ter afastado definitivamente qualquer interessado em colocar a mão no bolso e apostar no negócio familiar. Afinal, o que deveria ser um evento sério e comportado, como normalmente são as apresentações a investidores, acaba em uma noite marcada pela maluquice dos participantes.

Além de ser leve e muito bem humorada, a produção serve de referência para quem não sabe o que é permitido ou proibido nos tais encontros de final de ano das empresas. Claro que a maioria dirá, após assistir ao filme, que já sabia o que é permitido ou não nessas festas, mas faça dessa oportunidade um balão de ensaio, colocando-se no lugar dos personagens.

apoio_04

SEM COMENTÁRIOS